A Cidade Mais Antiga Das Américas

Cotidiano

É Cholula, no México.

Seu nome vem da palavra Náhuatl Cholollan, que significa água que cai no local do vôo . É uma das mais antigas povoações do México e tem sido habitada ininterruptamente desde o século V A.C. até os dias atuais, sendo a cidade habitada mais antiga da América.

Na época pré-hispânica, foi erguido como um centro cerimonial dedicado às divindades da água e da fertilidade. Nesse período, diferentes etnias mesoamericanas chegaram e lutaram pelo controle territorial, religioso e político do lugar. Este foi o caso dos Olmecas-Xicalancas e dos Toltecas-Chichimecas, que chegaram ao local em diferentes épocas entre 600 DC e 1521. Os Toltecas arrebataram o poder e o controle territorial dos antigos colonizadores (os Olmecas-Xicalancas).

Durante a hegemonia tolteca, Cholula se tornou uma cidade-santuário dedicada a Quetzalcoatl e se tornou o centro de peregrinação mais importante da Mesoamérica, razão pela qual alguns cronistas espanhóis a chamaram de “A Roma do Novo Mundo”.

A cidade tem o orgulho de ter a maior pirâmide do mundo em sua base, com quase 400 metros de cada lado, embora grande parte dela esteja escondida no subsolo.

Com a chegada dos conquistadores espanhóis, não perdeu sua vocação de lugar sagrado, já que as divindades católicas foram reinterpretadas pelos indígenas, dando-lhes significados e atributos dos deuses mesoamericanos, como foi o caso do Santuário de Nuestra Señora de los Remédios.

Naquela época, foi erguido como o chefe da República dos Índios. Hoje é um centro comercial e religioso das sociedades indígenas e rurais do Vale Puebla-Tlaxcala.

Abaixo, é talvez a fotografia mais famosa do lugar, o Santuário de Nuestra Señora de los Remedios com o Popocatepetl (A Montanha Fumegante) ao fundo, o maior vulcão ativo do mundo.

 

Anúncios

Deixe uma resposta